close
Ian fernandes de faria

Ian fernandes de faria
Publicado dia 29 de out de 2020 às 00:42

Os efeitos do estresse sobre o comportamento natatório de Colossoma macropomum (Cuvier 1818, Characidae)

Orientador: Dr. Adalberto Luis Val; Coorientador: Dr. Marcio Soares Ferreira

Os efeitos do estresse sobre o comportamento natatório de Colossoma macropomum (Cuvier 1818, Characidae)

O custo energético da natação é alto para todos os seres aquáticos, mas algumas espécies se destacam por possuírem formato e estruturas que permitem alcançar grandes velocidades e economizar energia cinética por meio de sua hidrodinâmica. Pouco se conhece sobre o comportamento natatório do tambaqui, Colossoma macropomum, espécie nativa mais comercializada do país, com produção anual de aproximadamente 290 mil toneladas, além de ser bastante estudada por pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA) e outras universidades brasileiras. Um dos problemas que afetam a produtividade na criação é o estresse sobre esses animais durante o manejo inadequado, sendo que as respostas fisiológicas dos organismos ao estresse são inúmeras e dependem do tipo e da intensidade do agente estressor. O objetivo desse trabalho é determinar a influência do estresse no comportamento natatório do tambaqui, identificando as velocidades de maior eficiência energética em cada condição de saúde do animal em função do estilo natatório.