close
Izabel Maria Bezerra dos Santos

Izabel Maria Bezerra dos Santos
Publicado dia 10 de out de 2019 às 15:34

Mudanças climáticas podem afetar áreas de proteção ambiental, diz estudo

Foram consideradas áreas de parques nacionais, estações ecológicas, reservas de desenvolvimento sustentável e terras indígenas demarcadas pela Funai

Mudanças climáticas podem afetar áreas de proteção ambiental, diz estudo

O Brasil é o país que abriga a maior concentração de ecossistemas tropicais em áreas protegidas, mas uma parcela considerável dessas reservas pode estar vulnerável às mudanças climáticas em curso no planeta. É o que indica um estudo apoiado pela Fapesp e publicado no periódico Conservation Biology.

Sob coordenação de David Montenegro Lapola, do Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura (Cepagri) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), a pesquisa avaliou 993 áreas protegidas em todo o território nacional. A investigação teve início durante a iniciação científica de Fernanda Sueko Ogawa, bolsista da Fapesp.

Foram consideradas todas as áreas com mais de 50 quilômetros quadrados (km2), incluindo parques nacionais, estações ecológicas, reservas de desenvolvimento sustentável e terras indígenas demarcadas pela Fundação Nacional do Índio (Funai).

Leia matéria completa no site da Fapesp.